Prefeito

Perfil Biográfico de Antônio Da Silva

Aos treze de junho de 1969, no bairro Galera, comunidade de Canelinha, épocas douradas daquele simples e respeitável casal, Sílvia Maria da Silva e Olávio Machado da Silva (in memoriam), chegava cheio de vida, saúde, uma bela criança, recebendo o nome de Antônio da Silva, cercado por seus três irmãos.
Uma casa simples, na curva do morro de Rolador, onde a estrada rural atraía as atenções pelos passeios dos transeuntes, fora presenteada em seus arredores por uma pequena e mágica cachoeira, onde Antônio crescia, aprendia, descobria as belezas daquele cenário, tecendo amizades, estudante da Escola Municipal Francisco Benjamin Gallotti.Educado na religião católica, torna-se fervoroso nas liturgias dominicais, onde mais tarde, habilitou-se como catequista, de destaque para a vida futura.

Continuou seus estudos no Colégio Minervina Laus, no centro de Canelinha, concluindo-os no Colégio Cruz e Souza de Tijucas.

Seu primeiro emprego fora como representante de Departamento de Vendas das Cerâmicas do seu bairro Galera, onde sua ferramenta para este posto era o primeiro telefone público, instalado próximo a Unidade Sanitária deste bairro. Era intenso o uso deste telefone, que assim Antônio começara a gostar de trabalhar como agente de saúde naquela unidade, o que virou realidade. Realidade esta, que anos depois, estava habilitado para trabalhar no departamento de Raio-X de nosso Hospital Municipal no ano de 1992. Antônio dedicava-se vinte e quatro horas ao hospital. Começou a conhecer as necessidades das mais diversas e carentes classes sociais de todos os bairros de Canelinha, o que o tornou um cidadão muito popular e aceito por todos.

Desde 1984, até 1994, Antônio fora discípulo assíduo do Movimento Carismático, chegado até nossa comunidade, através desta figura inesquecível. Sebastiana Pereira (in memoriam), sendo a ponte que aqui nos trazia o estudante de Teologia, domiciliado em São Paulo, vindo futuramente, criar movimentos revolucionários nas construções de Abrigos aos excluídos de nossos convívios, vítimas do consumo de drogas, e todas as conseqüências patológicas deste cenário popular, em todo território nacional, internacional, com o nome, sempre falada, lembrado por todos: PADRE LEO (IN MEMORIAM), IDEALIZADOR DAS COMUNIDADES BETHÂNEA, ONDE A PRIMEIRA SEMENTE PLANTADA, FORA NA CIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA.

Antônio empenhou-se em correr casas e casas, cerâmicas, e cerâmicas, empresas, comércios, fazendo um mutirão para realizar este sonho, bem sonhado, multiplicando-se em outros estados.

Em 1996, Antônio elege-se vereador de nossa cidade, e simultaneamente é Presidente da Associação APAE de Canelinha, por dois mandatos seqüentes.

Na implantação do Presídio Regional na cidade de Tijucas, Antônio, no ano de 1998 é convocado a ser Diretor, onde se consagra o melhor diretor do país.

Em 2002, na cidade de São João Batista, Antônio assume o cargo de Coordenador de Saúde, onde, oportunamente, idealiza e realiza a Clínica do Povo, frutos por ele plantados e colhidos até hoje pela comunidade de São João Batista.

Antônio casou-se com Denise Correia, enfermeira de Alto Padrão, natural de São Paulo, encantando-se com Canelinha, através da pessoa de Antônio, hoje considerada gente nossa, por tantos serviços a todos prestados.

No ano de 2004, Antônio é eleito vice-prefeito, na Administração Eloir Reis (Gestão 2005/2009). Em 2008, Antônio é eleito Prefeito do Município de Canelinha (Gestão 2009/2012).

No ano de 2009, o casal Antônio e Denise, dia 14 de junho, acolhe em sua residência, um filho adotivo, belo menino, recebendo o nome de Pedro Olávio, enriquecendo-os de alegria, dedicação e responsabilidades.

Antônio, exemplo de juventude, superação de limites, nunca desanimou, nos momentos críticos e sombrios, porque a confiança, zelo incansável, o torna este homem público, prestador de serviços, na mais simples postura, digno de nossas homenagens.

Galeria de Fotos




Previsão do tempo




Prefeitura Municipal de Canelinha.