Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educacao
A Prefeitura de Canelinha, por meio da Secretaria de Educação, Esporte, Cultura e Juventude retornou hoje (22) às aulas presenciais, de forma híbrida.

Publicado em 22/02/2021 às 12:28 - Atualizado em 22/02/2021 às 13:05

A Prefeitura de Canelinha, por meio da Secretaria de Educação, Esporte, Cultura e Juventude retornou hoje (22) às aulas presenciais, de forma híbrida. A retomada segura do ano letivo presencial foi para aproximadamente 600 alunos entre escolas e creches, seguindo várias medidas de biossegurança, acompanhadas pela secretária de educação, Fernanda Dias Jacintho e o Prefeito Diogo Maciel.

O calendário do ano letivo iniciou nesta segunda-feira dia 22 de fevereiro com as aulas online e presenciais para toda a rede municipal, para aproximadamente 1.200 alunos.

Segundo o Prefeito Diogo Maciel, o retorno é necessário, mas sem deixar de lado todas as medidas necessárias. "Tomamos essa decisão porque ano passado já foi a maior parte de forma online. Em conversas com pais, alunos e professores, o desejo era de retomar, de maneira segura, com todos os cuidados. A gente sabe que com os cuidados que estão sendo tomados, vai dar tudo certo. E agora com essa retomada, vamos avaliando, juntamente com as secretarias de educação e saúde, pra determinar os próximos passos e os cuidados necessários", frisou. 

Para a secretária de educação, Fernanda Jacintho, o retorno foi planejado para oferecer qualidade no ensino e segurança à comunidade escolar. "Nós gostaríamos de deixar a mensagem, que os pais se sintam seguros e encaminhem seus filhos para escola, porque nós tomamos todas as medidas necessárias. No entanto, os pais que não se sentirem seguros nesse momento, serão amparados, e vão poder continuar o ensino de forma remota, com a plataforma online, sem prejuízos para o ensino. Além disso, com os cuidados na escola, as crianças vão levar pra dentro de casa os ensinamentos de prevenção e combate ao coronavírus", pontuou a secretária. 

Para que não haja disseminação do vírus e contaminação dentro das escolas, a secretaria municipal de educação, está tomando todas as medidas de biossegurança instituídas pelos órgãos de saúde. Entre elas estão a higienização de objetos e ambientes; higienização das mãos; disponibilização de tapetes sanitizantes e álcool em gel; distanciamento social, entre outras medidas de biossegurança e prevenção no ambiente escolar.

Antes do início das atividades, várias ações foram desenvolvidas para um planejamento seguro dessa retomada. A vigilância Epidemiológica de Canelinha, ministrou palestras de treinamentos para os servidores da educação, para orientar sobre todas as medidas necessárias e os protocolos de biossegurança que devem ser adotados nas unidades escolares.